giovedì 27 agosto 2009

para meus queridos Gigi e Lia....foto de meu irmao: Dominique Landau




j'y vais
j'y vais pas
à ce pas
je retourne chez moi



je lui prends la main
et m'endors
comme tous les soirs
ma main dans sa main






BOA NOITE, Gigi

mercoledì 26 agosto 2009

Fred, outro amigo de meu irmao:


Iosif nasceu em Bucareste, em 30 de abril de 1924.

Estudou na Romênia, na Inglaterra e no Rio de Janeiro, para onde se mudou em 1940. Engenheiro, formado em 1949, trabalhou mais de quarenta anos construindo rodovias, ferrovias, hidrelétricas e na eletrificação.
A vida nômade permitiu-lhe conhecer intimamente o país e nossa gente. Aposentou-se em 1992. Para ocupar o tempo vago, participou de uma oficina literária com o escritor Flávio Moreira da Costa, durante cinco anos.
Seu primeiro livro —Comissário Alfredo (Editora Record) — foi editado em 1995. Depois, vieram: Os Anjos Também Morrem (romance policial, Editora Altos da Glória, 1997); Encontro em Salvador(romance, Papel & Virtual Editora, 1998); Eles, Eu, Outros (poesia, Papel & Virtual Editora, 1999); Minha Doce Empreiteira (romance policial, Papel & Virtual Editora, 2000); Tudo por Nada(romance, Papel & Virtual Editora, 2001); Confissões (poesia, Papel & Virtual Editora, 2001);Preto & Branco (poesia, Papel & Virtual Editora, 2002); Memória Tumultuada (memórias, Papel & Virtual Editora, 2002);

Eu Vi (poesia, Papel & Virtual Editora, 2003); Abelardo e Outros Contos (contos, Papel & Virtual Editora, 2004); Eu, Investigador (romance policial, Papel & Virtual Editora, 2004) e O Diabo Vestia Seda (romance policial, Publit Editora, 2006).




Em 2005, foi publicado na antologia Crime Feito em Casa — Contos Policiais Brasileiros(org. Flávio Moreira da Costa, Editora Record).
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Para homenagear o amigo publico um poema dele:

INFAMIA

Um povo caiu na armadilha
depois daquela tragédia
o milagre de uma Pátria
mas ainda o caminho sem flores
vitoriosos permanecem vencidos
sua coragem é o choro dos filhos
calmaria feita de tempestades
terra submersa em infâmias
crianças indefesas e pais exaustos
se afogam nas areias do solo sagrado
piedoso Jeová permita o sacrifício
que nos aniquilem de vez, por toda vez
os Poderosos prometeram Paz.

Iosif Landau

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

FADO
para o amigo Iosif Landau



Na selva de asfalto concreto e aço,







na rotina da luta pela sobrevivência,
não há força além da aparência
nem paz a quem abraça o cansaço.

Pouco a pouco, sem que percebamos,
vestimo-nos com essa vã armadura
e poucos se dão conta da loucura
onde, desde a infância, navegamos.

Assim, perdidas as afeições humanas,
amesquinhamo-nos na individualidade
e iludimo-nos buscando a felicidade
nas celas estreitas das nossas cabanas.

Mas há os que transcendem este fado
no abraço fraterno do amigo resgatado.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

martedì 25 agosto 2009

Mariza Lourenço & Silvana Guimarães, amigas e editoras destes tres poetas, desaparecidos...mas aqui estarao sempre conosco:














Morreu Aníbal Beça, hoje, em Manaus.

Morreu Iosif Landau, em 14 de agosto, no Rio de Janeiro.

Morreu Rodrigo de Souza Leão, no último 2 de julho.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

IOSIF LANDAU
Profundamente sensibilizado
ante o comportamento das espécies
geradas sem óvulo e espermatozóide,
e como a Verdade paira sobre todas as verdades,
assim deixo escrito com infantil raiva minha perplexidade
para que sobre ela se debrucem poetas e adivinhos
e a todos quantos se interessam com o próprio interesse.
Este meu lírico desabafo tão rico em significar nada
me aproxima dos abismos do céu e alturas do mar.
Vejo-me um Colombo que descobriu os índios
que teimam continuar vivos,
vejo-me um Marco Pólo que descobriu que
a lua da China era a mesma de Veneza,
vejo-me um Amundsen que penou ao chegar ao Pólo Sul
para descobrir que lá fazia um frio danado,
vejo-me o Astronauta que pisou na Lua
e descobriu que a sua mijada em nada difere
das mijadas terrestres,
e por fim só acredito numa verdade cientificamente provada,
que o círculo é a figura geométrica perfeita
e por isso o cu é redondo.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

ANIBAL BEçA
Procuro por uma porta
que me abra um tempo mais sereno.

Pressinto que ela está por aí, talvez próxima,
à toa nos meus caminhos vagos.

Entre uma passada e outra
me apresso em tocá-la,
e ela na sua calma surda de madeira
se afasta para voltar ao estado de árvore.

Sinto que também ela procura por alguma coisa
com algo de vento mastigando capim.

Vez por outra escuto um mugido
rangendo entradas e saídas
trompa pastoral se fechando em tardes.

Meus amigos me dizem que possuem sua chave,
que são íntimos no entrar e sair.
— seja pela parte da frente seja pela parte de trás —
sabem até do seu humor
pela leitura enrugada dos múltiplos nós,
mas não podem emprestá-la.

Temem que eu não volte para devolvê-la.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

RODRIGO DE SOUZA LEAO
pudera Deus negar os fatos
e vagar pelas pedras portuguesas.
mas tudo está sujo até o ápice.

Deus não pode ser tudo todo dia.
e não adianta eu me iluminar.
acender um fósforo é perigoso.

e não existem gravetos e pedras
para descobrir o fogo novamente.
para moldar um poema na pedra.

além de mim o que serei.
pra que me libertar numa prisão?
a maior clausura sou eu.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

MAS A POESIA RESISTE.ETERNA.ABSOLUTA.
APESAR DA TRISTEZA.

lunedì 24 agosto 2009

lindas palavras para meu irmao de sua amiga Paula Barros:

Ele voou.....

Uma semana pode passar rápido ou não. Depende da nossa emoção. Essa semana estive mais triste, mesmo quando fiquei muito alegre. Estava mais sensível. A morte do meu amigo de blog me fez ficar triste, e pensando em muitas outras coisas. A morte me faz pensar a vida.

Ler a irmã dele ir no blog dele todo dia e escrever falando com ele como sempre fez, me dói. Consigo sentir a saudade imensa que ela sente.

Ele morreu às 22 horas do sábado 14. Esse horário para mim foi muito significativo, marcante. Passamos uma época conversando no MSN e ele dizia sempre, entre as 22 horas, esse horário estou livre.

Esse foi o horário que ele voou para uma outra dimensão. Se libertou das dores físicas e mentais, se libertou das lembranças que carregava muitas vezes em forma de fardos, se libertou de uma vida que o limitava quando tinha tanta vida dentro dele querendo viver......às 22 horas ele marcou um encontro em outro lugar e voou.

palavras do amigo F. Reoli para meu irmao















In Memoriam

"Você vai observar de longe
a passagem da areia do tempo
e eles todos vão ficando velhos
sem você"

(Zé Rodrix)

Fui pego agora, de surpresa. Um breve silêncio e, então, meus dedos tocaram o teclado pra dizer que, assim como um Bukowski, será sempre meu eterno "mestre". As palavras, hoje, tomam um porre pela sua falta e o significado que deu a elas, fica inebriado dentro de nós num gole perpétuo. Sem direito a ressaca.

Descanse em paz, amigo Iosif.

"...e agora tudo está ameno como uma noite de primavera com cerejeiras e eu estou exausto e as cigarras cantam e eu vou até o Zig – Zag meu pé sujo se até ali consigo chegar pra contar a galera meu sonho de outono – primavera, sei que me perdoarão de imaginar tanta besteira, nunca ligam mesmo pras minha quimeras, me oferecem um copo de batida, mas eu quero atravessar a rua, quero ir pra casa, quero continuar a sonhar com a irmã da lua." (Iosif)

sabato 22 agosto 2009

parole di un gran amico per il mio fratello - Iosif Landau



A volte ci sono momenti dove essere forti è una virtù così difficile da avere.


Le persone sopravvivono nel ricordo, in quell'aura di emozione che lasciano negli anni. E siamo dunque noi, con la nostra vita e la nostra passione, che continuiamo a dar luce a chi si è spento.
Per questo dobbiamo aggrapparci ancora di più alla vita, dobbiamo lottare e lottare e lottare. Portiamo nel nostro cuore, sulla nostra pelle il ricordo vivido. Gigi vive in chi gli ha voluto bene, in te, nelle tue parole, nell'amore che hai per i tuoi nipoti, per tua figlia, per i tuoi amici. Se sei triste, rendi triste Gigi, se sorridi è anche lui che sorride con te.


GRAZIE, ANDREA

venerdì 21 agosto 2009

www.yehudabenelin.blogspot.com --SAUDADES













uma imagem feita por Dominique
para o seu tio Gigi tao querido

tenho certeza que ele gosta

mercoledì 19 agosto 2009

para Gigi da parte da familia que infelizmente, esta longe...



Eeeh Tio Gigi, aquí fala uma parte da tua familia.
eu sou Dominique, que ha construido junto com o
Jan (a ex máquina infernal) o teu ramo
europeo-judeo-chinês.


A gente sabe muito bem o destino desta tua viagem:
o nosso coração. E do nosso coração não tem
escape! Vôce tem feito tudo para fazer os vínculos
indestructiveis.

Conheço vôce de toda a vida. Lembranças da
infancia: vôce me carregando nos teus braços
fortes, as tuas palavrinhas de carinho, as
cosquinhas que eu te pedía – e vôce imitándome:
“Faz cosquinhas, Tio Giiiiiiiiiiiiigi”.

Para mim vôce e Tia Lia são o Brasil, o país que
tive que deixar sendo criança ainda, mas que
sempre tem estado nas minhas entranhas. Voltar pro
Brasil era voltar a vôces, meu farol! Essa mesma
luz vôces são também para os nossos filhos. Tamara
se lembra como o dia de ontem a tarde chuvosa onde
vôce e ela viram juntos o film na tv Priscilla,
queen of the desert... Con Marco e Mauro, que te
adoram de verdade, vôce teve conversas
picarescas-provocadoras, e mais tarde muito
profundas também.
Sei que era dificil para vôce abrir o teu coração
tímido, mas sei também que, quando tu o fazias, o
sentimento era muito profundo.
Tio Gigi, nos estaremos muito perto da Tia Lia, a
tua companheira de toda a vida, e a través dela
muito perto de vôce.

Meu Tio Gigi, vôce é e será sempre o meu único e
querido bicho papão!

Dominique e Jan



xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Tio Gigi,
Maravilhoso Voce.
Sempre!
Marco
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Tio Gigi, não vou jamais esquecer de vôce. Lembro
quando Marco e eu fomos passar as férias lá com
vôces, ainda crianças. Lembro a sua voz profunda e
simpática. A gente olhaba filmes, escutava música
jazz e conversava muito. Vôce sabe tanto! Eu
aprendí muito de ti. O teu talento de poeta, a
tua sensibilidade e olhar para o mundo, teve um
impacto enorme na minha vida. Jamais vou esquecer
esse ano que eu passei no Rio, ha 3 anos atrás.
Visitaba a sua casa quasi todos os dias. Eu ia
comer à sua casa. A gente conversaba muito. E
uando eu fiz meu barmitzva vôce veio para a
sinagoga. Isso não vou jamais esquecer. Foi tão
importante para mim que vôce estivesse lá esse
dia. Vôce para mim foi, e, e sempre será a minha
ligação com o passado. Eu sempre falarei de vôce
para minha familia e sempre lembrarei o grande
homem que vôce foi.
Agora vôce está em viagem para se reencontrar com
vovô Li, e vovó Lena, e todos os outros amigos que
ja foram para o outro lado. Desejo que sua viagem
seja acompanhada de amor, paz e tranquilidade.
.......... rezo por ti,
para tua elevação espiritual aos mundos
superiores. Com certeza depois de uma vida tão bem
sucedida vôce deve estar bem recibido la encima.
Vôce teve um impacto enorme na nossas vidas. Que a
sua lembrança fique conosco todos os dias da nossa
vida e que a gente possa dizer que a partir de
hoje fomos melhores pessôas graças a voce.
Aprendimos a da tua sensibilidade, da tua
honestidade, da tua verdadeira preocupação pelo
mundo e os outros. Obrigado Tio Gigi por todo, eu
não vou esquecer de vôce, jamais, vôce vai ficar
no meu coração para sempre, até a gente se
reencontrar onde for que seja.
Shalom,
Mauro
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Cher dear querido Tio Gigi,
Je t'adore et tu seras toujours, always dans mon
coeur!
Tamara
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

lunedì 17 agosto 2009

bom dia...buon giorno



il tuo sorriso
una sorsata
d'amore
dritta alla meta

nostro cuore

xxxxxxxxxxxxxxxx

teu sorriso
um trago
de amor
que chega
à meta

nosso coraçao

sabato 15 agosto 2009

iosif landau - www. yehudabenelin.blogspot.com um ser humano excepcional e um grande poeta- umas linhas escritas pelo seu filho Luiz

meu irmao resolveu fazer uma longa viagem
bem longa mas estara de volta para sempre
perto daqueles que ama e bem perto
tambem daqueles que o amamos










" Pai,
Morrer?Todos vamos!É duro.
Velho, é a Vida.
Mas longe disso, tenho certeza,
ainda tens (temos) um caminho,
Nesse percurso, deixe para nós,
além de herança genética,
obrigado por pelo menos 85 anos,
a herança da lembrança,
para que possamos passar,
sem hesitar, sua trajetória.
Lembre-se a todo momento, a todo instante do seu legado.
Landau
Nome e sobrenome.
Quem na engenharia, economia advocacia e empreendedorismo,
não conhece e reconhece o nome Landau?
Vamos celebrar tudo isso.
Muito caviar e salmão para curtir.
Conto contigo"

estas linhas foram escritas pelo Luiz
à pedido de Lia para agradecer
a todos os amigos do Gigi.

mercoledì 12 agosto 2009

= _ = _ = _ = image de myspace.com/cioranem




La cité de mes reves est endormie

Je recommence mon livre
Un livre qui jamais ne finira.

lunedì 10 agosto 2009

domenica 9 agosto 2009

( _= - = _ )



quand je n'ai rien a faire
je regarde en arrière
et me promène dans
mon long corridor



parmi
les sculptures
photographies
et peintures
les miennes
et celles
de mes lointains amis

toujours ici

sabato 8 agosto 2009

+++++++********


Trébucher farfouiller gesticuler jongler
Paroles sentiments sensations souvenirs

Ce n’est qu’un fatras

alors voilà
attrappe
tes re^ves
et
va-t-en dormir

venerdì 7 agosto 2009

=====???=====



Murmures…
Allez-vous-en
Deverser votre fiel
Sur d’autres cendres



Plus on me dit non
Plus je crie bon
Et continue à dérouler ma vie
En brindilles de cigarettes

J'suis bien parmi mes cendres

mercoledì 5 agosto 2009

:::::::::::: _ ;;;;;;;;;;;;



secouée par un orage de vent
elle court à travers un labyrinthe
et se retrouve -
noyée dans une coupe invisible

apprends
à nager

- - - - - - - - - - photo Dominique Landau




l'angoisse
morsure
des jours
d'aujourd'hui

martedì 4 agosto 2009

çççççç ///// òòòòòò



allez ne reste pas là
pendue comme cette feuille
qui s’attache éperdue
a ce beau palmier
attendant son vol




faut pas désesperer
funambules fant^omes
et somnabules
ensemble
on déchire l’air
ensemble on fera
un immense tableau
qui rendra


l'atmosphère
aux sphères
étincellantes
de beauté

sans prendre auncun dernier vol

lunedì 3 agosto 2009

>>>>> Z >>>>>


Forces réservées
Par le temps
Et tant qu’en faire
Continue à battre le fer
Fière
Fiere de quoi
De vous
De mon hier
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Marco et Mauro
lors de leur
visite tous
seuls a Xalapa

domenica 2 agosto 2009

xxxxxxx - xxxxxxx




le profond de la nuit
le désordre de la mer
l’obscurité du silence

aujourd’hui
l’ absence de stupeur
dévore en sourdine

tout

sabato 1 agosto 2009

++++++____********



si era
data da fare
eccome!



durezze
sbattute
nel cuore
in
una vita
spruzzata
di gioia

non mollare