sabato 16 maggio 2009

en la plantacion de cocos de Pablo


te vi arrastrar
hierbas cielo
arbustos sol
mi vida y la tuya
el mundo entero



dentro de la
mata
y entre
los cocos
caidos

amor

quien sabe
alguna culebra
nos miraba

nirvana

3 commenti:

Blog do Beagle ha detto...

Leio italiano com alguma dificuldade, mas estou acompanhando suas publicações. Gosto do que vejo e leio aqui. Bjkª. Elza

Dayane Alencar ha detto...

quem sabe se esses cocos são os nosso próprios sentimentos???
tentamos esconder-se entre sentimentos maldosos e acabamso nos camulhando, mas entre esses sentimentos(os cocos) existe o amor...

perfeito!

marina ha detto...

valentía de andar entre la selva
de la vida
del amor...

érais inmunes a las culebras....
e inundados por el nirvana...

aún...


besos, Myra!