lunedì 15 giugno 2009

spazzata via



l'ombra dell'ira
non sarebbe durata
a lungo
la notte
la spazzò via

7 commenti:

Dominique ha detto...

Cada dia melhor......:))))))))))))))))
Te quiero!

rosso ha detto...

Después de una mirada atras,
tu máximo valor es el ahora,
(el presente)
¡el tesoro de las sensaciones!!!

Me gusta muchísimo esta foto
-movida- impulsada
(indica que estas caminando
otra vez).
Un abrazo fuerte.

Germano Xavier ha detto...

poesia verbo-visual que toca no fundo da alma...


Um carinho , Myra.
Boa segunda-feira.

Sigamos...

Conceição Duarte ha detto...

Myra que maravilha sua sombra!
Um beijo grande e obrigada por sua visita sempre carinhosa no meu blog.
bj CON

F. Reoli ha detto...

Adoro fotografias assim, com efeitos que remetem a movimento, legitimamente uma "foto-poema".

Não sei o que acontece, pois o link para o meu blog é esse mesmo, talvez seja algum bug no blogspot.

Quanto ao Yehuda, acho que as vezes nos cansamos um pouco das palavras, mas nada que um respiro não volte a nos fazer reencontra-las. Também espero que ele volte a escrever em breve, ele sempre, assim como você, tem muito a dizer.

Beijos

FaBiaNa GuaRaNHo ha detto...

Super obrigada pelo comentário e adorei sua obra.
Tive o prazer de conhecer ROma, e sinto muitas saudades, espero retornar o mais rápido possível, acho que é a ligação de meu sangue italiano com esssa arquitetura repleta de magias.
Bjinhos e volte sempre.

F. Reoli ha detto...

NossA mYRA... um desenho??? Lindo, e essa manipulação no photoshop me remeteu a uma fotografia... aumentou ainda mais a minha admiração.
Beijo