mercoledì 17 marzo 2010

o Fim de meu livrinho: Vade Retro:


...................................
Chapitre suivant?
Non, chapitre fuyant..................................................................................................
...........................................................................................................................................................
..................................................

Roma, 7 Février 1999

“ não sou eu quem me navega
quem me navega é o mar (o mar onde està?)
é ele quem me carrega
como nem fosse levar
e quanto mais remo mais rezo
pra nunca mais se acabar
esta viagem que faz
o mar em torno do mar”

(o mar onde està?)
..................................................
“e quando alguém me pergunta
como se faz pra nadar
explico que eu não navego
quem me navega é o mar....”

Paulinho da Viola

Estou para acabar esta carta que como tal, jà é demais, e livro não será, alors je vous dis, je te dis encore, et encore, et encore, et encore, et encore, o que você , vocês sabem de cor....

“ame
seja como for
sem medo de sofrer”
...................................
“por que se negar
com tanto querer
por que não se dar
Por que?
por que recusar
A luz em você
Deixar pra depois
Chorar...pra quê?”

Paulinho da Viola

E que me desculpe, Paulinho, mas a minha pouca veia literária, me obrigam a pôr fim as minhas lembranças, com as canções dele- e poemas de Fernando Pessoa, que me levam, a vocês, e sobre as sendas das saudades digo com eles:

.......................................
um olhar espiando o vazio é lembrança
..................................................................
um desvio na curva do tempo é distância
.....................................................................
a vida da gente é mistério
a estrada do tempo é segredo
o sonho perdido é espelho
.................................................
o fio do enredo é mentira
a história do mundo é brinquedo
.......................................................
e tudo que eu disse é ilusão.


Unica verdade: vocês
ustedes
vous
voi.


FIM
FIN
FINE
FIN

15 commenti:

Kovacs ha detto...

Linda esta parte:

esta viagem que faz o mar em torno do mar

João Menéres ha detto...

MYRA

Como vês, és tu própria que o dizes :

"o fim do enredo é mentira" !!!

O trabalho que hoje nos apresentas mais parece uma imensa nebulosa...

Um beijo (e já espero chuva para amanhã. De novo.)

TORO SALVAJE ha detto...

Besos Myra.

Chica ha detto...

Lindos, profundos e intensos versos,Myra!um beijos e tudo de bom,chica

ma grande folle de soeur ha detto...

J'aime... beaucoup... :)

Maria Dias ha detto...

Todo fim na verdade não é um fim mas sim um recomeço...E vamos seguindo deixando o mar nos levar!Adorei o q escreveu!

Beijinhos

tossan ha detto...

Lo spettacolo non si può fermare, non ora. Quando un nuovo lavoro che spero di venire, quando arrivano è perché sono in viaggio con mia moglie in natura. Bacio

in natura ha detto...

Foi bom lembrar Paulinho da Viola, afinal, tudo na vida foi um rio que passou na minha vida, mas você não, ainda está passando e bem devagarinho pra eu ver o seu lindo trabalho sempre. Beijuss

Baraçal-press ® ha detto...

Que bonita gravura, é assim que se fala? Se não for me desculpe. Gosto do seu trabalho. Beijo

bondearte ha detto...

Bommmmm!!!!!
Congratulations, mio tesoro
Paulo

Monalisa ha detto...

Bonita a sua arte e valeu a pena a minha visita. Estou começando o blog agora e vim te prestigiar. Beijo

Memória de Elefante ha detto...

myra!

Estou voltando, consegui conciliar meu tempo.
Que surpresa a letra das canções de Paulinho e a poesia de Pessoa com a bela imagem .Este blog está belíssimo!

A ilusão é que alimenta esperança e a vida.

Um beijo carinhoso

Anonimo ha detto...

QUE BONITO!!!!!!!!
D

Luísa ha detto...

Maravilhoso ensinamento!
Não há fim em gente assim! Tudo o que delas semearam ficará para sempre nos nossos corações.
Obrigada, querida Myra, pela partilha da sua sabedoria!
Beijinho carregado de admiração!

Anonimo ha detto...

obrigada, muito obrigada a cada um de voces, meus amigos e amigas, voces sao todos lindos!