giovedì 11 marzo 2010

serait-ce la terre?


dans les abimes
de la mémoire
un point ferme
nage encore

la tete
en l'air
les pieds
où?

serait-ce
la terre?

11 commenti:

Chica ha detto...

Maravilha,Myra e quanto ao teu comentário, o legal ´[e que aqui com sol, aí com neve, mesmo assim, com toda distância, nossos corações e pensamentos estão juntos,não é? Lindo!beijos,ótimo dia!chica

Anonimo ha detto...

WONDERFUL!!!!!!!!!!!!!!!
D

Maria Dias ha detto...

Oi minha querida,

Passando por aqui para te mandar boas vibrações e observar os seus pedacinhos impressos em tuas telas...Bacana!

Beijão

Maria

(estou levando comigo também a sua boa energia)

TORO SALVAJE ha detto...

Buenos días Myra.

Me gusta. Siempre me gusta.

Besos.

MartinAngelair ha detto...

Diluyéndose.



Guapa siempre.




B.N.C.M.
Beso.

rosso ha detto...

Tu obra importante
es tu mirada.

marina ha detto...

dejar-se llevar sea tierra o no...
fluir...

:-)

abrazo cálido,

Memória de Elefante ha detto...

myra!

"Fecho o caderno dos apontamentos e faço riscos moles e cinzentos nas costas do envelope do que sou."
Álvaro de Campos

Um beijo

Anonimo ha detto...

gracias, obrigada a todos voces, a ustedes, los quiero mucho, besos a cada um,

Luísa ha detto...

Por vezes andamos de pernas para o ar...ou será a terra a terra a girar?
BJNHS

De cenizas ha detto...

En la tierra de la memoria se asientan bien los pies para que la cabeza vea el futuro.


besos