giovedì 20 maggio 2010

nao tenho titulo...serve para muitos..


ses paroles
élucubrations
aveugles
d'aveugle

mais l'oeil
aux aguets


il prends garde


s'en va
en arrière
jamais en avant
et ne fait
qu'errer

il ne veut
point regarder
voir
et encore
moins écouter

9 commenti:

João Menéres ha detto...

Quando a noite teima em persistir, resta a Poesia.
A bela poesia das palavras da MYRA !

Um beijo daqui, com SOL e uma temperatura da ordem dos 30º ...

MartinAngelair ha detto...

Mis primeras pizarras fueron negras,...

...antes que verdes.




Un beso Corazón.

B.D.C.M.

marina ha detto...

Escuchar la noche, su latido.... a veces nos relaja... otras es un martillo :-))))
Que nos acompañe dulcemente igual que el día...!

un abrazo soleado!

Chica ha detto...

Muito lindo,Myra, o texto, a imagem e até o título( Sem título, vale paramuitos) ficou reflexivo.Por aqui muitos pensam que valem apenas pelos titulose no entando, há tantos DRS...etc, que nem merecem ser vistos. beijos,tudo de bom,chica

TORO SALVAJE ha detto...

Hoy no lo entendí.

Besos.

paula barros ha detto...

Minha querida Myra, saudade de vir aqui.

Apreciando e matando as saudades.

beijo

Memória de Elefante ha detto...

myra!

Ah! Atrasar o relógio para sentirmos mais e melhor o nosso tempo ou nos transportamos a um tempo Vivo em nossa memória , lembranças para sempre!

A imagem é o manto da noite sobre as horas...?

Um beijo

Luísa ha detto...

O som do escuro...em noites calras de ideias!


beijinho terno!

Ana Martins ha detto...

Boa noite Myra,
uma forte e quente inspiração, por aqui cheira mesmo a poesia.

Beijinhos,
Ana Martins