martedì 25 maggio 2010

saudades...






Dov’è la realtà? Dov’è la finzione? Non ci sono confini fra l’una e l’altra. E un perfetto amalgama fatto di sussulti, rumori, urli, fatiche, gioie, ostacoli, lacrime, risse e risate. Vincite e sconfitte. Dopo non sai più qualle è stata l’uno o l’altra. Un miscuglio di sentimenti, sensazioni, eventi. Tutto è vita. Tranne non avere più speranze di qualche imprevisto.. peggio ancora, la monotonia, la routine, la noia. Non c’è cosa peggiore chè l’annoiarsi insieme a chi si ama. Questo è da evitare sopratutte le altre cose che capitano nella vita . Meglio discutere, arrabbiarsi. La vita è un infinito portare a tracolla, il tempo. Bello o brutto. Freddo o caldo. Gioia o tristezza. Però sopratutto tanto amore!
Cependant après oh, après...on revoudrait encore et encore et encore et encore et encore... Troppo tardi. Siamo passati sopra al tempo. Noi. Non è il tempo che passa, siamo noi che gli passiamo sopra. Qualcuno, ci passa accanto senza vivere...E siccomè, io ho vissuto tanto...dico

Vade retro, retrocedi, vida.

11 commenti:

TORO SALVAJE ha detto...

Gracias por mostrarnos esas fotos.
Trozos de vida anclados en el tiempo.

Besos.

Vivian ha detto...

...viajei no tempo e fui buscar
lembranças de uma vida vivida
em águas de calmaria quando
a família não era separada
por máquinas frias, os abraços
se sentiam no calor da pele,
e as cartas recheavam a cx
do corrêio em cada amanhecer
trazendo o cheirinho gostoso
do carinho feito à mão até
num papel de pão.

baci amore!

Chica ha detto...

Myra, que maravilha ver tudo isso.Lindo e tão emocionante! Profundamente lindo!beijos,chica

paula barros ha detto...

Observando as fotos, os sorrisos, as vidas.

Vou tentar depois colocar o texto no tradutor.

beijo

Lili Detoni ha detto...

È vero, Myra: "Meglio discutere, arrabbiarsi." Se eu tivesse feito isso no passado, talvez tivesse sofrido menos. Mas, a vida nos ensina através dessas coisas, não é mesmo? Graças à Deus temos essas oportunidades maravilhosas de encontrar pessoas (mesmo que virtuais) e trocarmos idéias e experiências. Você é adorável e me ensina muito! Baci per te!!!!
Lili. (amei as fotos!)

Luísa ha detto...

Esta é a sua beleza!
Esta é a palavra SAUDADE!
Esta é a MYra querida que ama, sente falta e acaricia a memória!

Lindo, Myra!
Beijinho terno com muita adMYRAção!

Brancamar ha detto...

Querida Myra,

Gostei de rever as tuas memórias, apesar da saudade, mas é a tua vida, as tuas raízes.

Passei um pouco pelos sites, quer de Iosif, onde li um dos poemas, um grito de revolta extraordinário contra a discriminação, passei pelas fotografias de Dominique e pelas tuas conversas com Gigi. Tanta história na vida da tua família e eu hei-de um dia voltar com tempo para ler tudo, para aprender convosco.

Obrigada por tanto que nos dás.
Beijinhos
Branca

Anonimo ha detto...

Saudades tristes, saudades alegres, saudades melancolia, tudo e saudades!!!!
Saudades=tristesa=melancolia=alegria
O caminho da vida ja e uma saudades !!!!!
Muitas saudades e beijinhossssssssssssssssssss
D

Memória de Elefante ha detto...

myra!
Adorei compartir estas "memórias"...belas fotos que sempre nos aproximam da saudade!

Um beijo carinhoso

PS:Nem tinha visto este teu pos!
ontem tive um problema no PC e quase perco o blog...consegui recuperá-lo!

expressodalinha ha detto...

Saudades positivas sempre... Não esqueças o Fado.

De cenizas ha detto...

¡Qué satisfecha te debes de sentir!
Gracias por compartir tus recuerdos...



besos