domenica 13 giugno 2010

assurdità


un sospiro

non mi fraintenda
nemmeno io intendo

sollevato
non cerca più
alcuna risposta
si arrende
all'evidenza



l'assurdità
della vita

10 commenti:

TORO SALVAJE ha detto...

Lo absurdo de la vida puede con todo.
Ya no pienso en ello.
Me devora.

Besos y buen domingo Myra.

marina ha detto...

lo absurdo de la vida es no vivirla...


Myra..!
Miles de abrazos soleados...!
Miles de besos energéticos....!

:-))))

(sabes qué palabra me dice que ponga para publicar este comentario? "color" ! ;-)

Luísa ha detto...

O absurdo da vida é o que muitos fazem dela, prevertendo o que de bom e justo poderiam fazer.
Mas isso são outras cantilenas que não interessam nada!
por aqui, respiram-se bons ares, boa camaradagem! Denotam-se bons ímpetus de um ser cheio de genica e com reconhecido valor no mundo da arte.

Hoje, as cores da imagem não combinam com essa energia que detém!
Mil milhões de beijinhos adMYRAvel Senhora!

Chica ha detto...

Há coisas que são absurdas e nem ao menos podemos entender...Beijos,que teu dominfgo e nova semana sejam lindos!chica

rosso ha detto...

Juntando -vida y absurdo- sale
VIVA LO ABSURDO
o
"ABOLICION DE LA LOGICA Y FUTURO"
(del manifiesto DADA).

Que lucidez tan maravillosa la de
Tristan Tzara en 1916 cuando escribía
"Cuanto mas pintores, mas literatos,mas músicos,mas religiones,mas monarquicos,mas imperialistas,mas socialistas,mas bolcheviques, mas politicos,mas proletarios, mas ejercitos, mas patrias, mas toda clase de imbecilidades, mas nada, mas nada, mas nada,.... mas nada..."

João Menéres ha detto...

George Orwell, no seu O TRIUNFO DOS PORCOS, escreveu
> TODOS OS ANIMAIS SÃO IGUAIS, MAS HÁ ALGUNS MAIS IGUAIS QUE OUTROS. <
Por essa razão, existe o ABSURDO...

Um beijo, MYRA.

expressodalinha ha detto...

Absurda mas fundamental. Sem vida nada existia.

Ana Martins ha detto...

Boa noite amiga Myra,
o absurdo da vida é não a vivermos com toda a intensidade que merecemos.

Bonita mensagem!

Beijinhos,
Ana Martins

Fred Matos ha detto...

A vida é um absurdo absurdamente maravilhoso, Myra.
Beijos

paula barros ha detto...

Um suspiro aliviado, é o que importa.

beijo