mercoledì 24 novembre 2010

as palavras nao querem aparecer:)


rimuginare
in cuor tuo
parole
che non vogliono
apparire
niente da fare
sei
scervellata

aspetta

5 commenti:

TORO SALVAJE ha detto...

Déjalas descansar.
Ya vendrán.

Besos.

Chica ha detto...

LOGO APARECEM E ENQUANTO ISSO, FICAMOS COM A BELA TELA!BEIJOS,LINDO DIA,CHICA

De cenizas ha detto...

Cuando cese el viento se sosegará el torbellino de luz y brillos y brotarán tus amigas, nuestras amigas, las palabras.


besos

Luísa ha detto...

Então?
Deu-me a vez a mim para usar as palavras!
Hoje, escrevo eu:
Posso escrever sobre o tempo, sobre os dias de trabalho, sobre a azáfama do dia e dos sorriso recebidos!
Pisso descrever o prazer imenso que se sente por dar a mão...
Pela emoção que tive ao ouvir a audição de Flauta Transversal da minha filha...
Posso usar as palavras para tudo, já que me deu a vez, e também posso dizer, desta forma o quanto GOSTO DE SI, adMYRAvel SENHORA!

Beijinho terno

Allan Robert P. J. ha detto...

A paciência - se usada com parcimônia - pode ser um santo remédio. Saber esperar.