lunedì 19 settembre 2011

sem ideias, entao lhes mostro a minha casa

em Bucarest que tivemos que abandonar para sempre, uma noite

à causa da guerra- tinha um lindo jardim atràs cheio de arvores

de frutas-

Na foto està minha sobrinha que foi ver a casa---

18 commenti:

Maria Dias ha detto...

Mas q saudade hein?Até eu senti uma pontinha de saudade desta casa maravilhosa ,ainda mais q nela havia um jardim secreto...rs...
Sabe,em criança eu vivia a descobrir jardins secretos.Bem,obrigada pela partilha e espero q tenha sido feliz nesta casa linda.
Beijinhos e um ótimo início de semana.

Maria

✿ chica ha detto...

Que linda casa e quantas lembranças por lá.Uma nem, tão boas,né? Mas ficam mais fortes as boas!!!beijos,chica e linda semana!!!

Lucrecia Borgia ha detto...

acasă foarte frumos plin de amintiri...

sărut

Wania Victoria ha detto...

Myra, que tristeza a guerra, não é mesmo? Sempre destruindo sonhos, ceifando vidas e mudando caminhos, mas o homem é maior que isso e nunca desiste de perseguir a utopia.

Linda casa, por certo foi palco de muitas coisas lindas que tu criaste e viveste, que isso sempre suplante toda dor da partida, minha amiga!



Há pouco, revi um vídeo onde Eduardo Galeano fala da definição de Utopia de Fernando Birri e acaba lendo seu belíssimo texto "O direito de sonhar". Um sopro de esperança para nossas vidas...



Um bj imeeenso, ventos de esperança e todo meu carinho,
Wania

Mariza Delandrea ha detto...

Que linda casa e que especial deveria ser!! Uma pena MYRA querida que por vezes precisamos passar por situações como esta, abdicar de um bem próprio e de inestimável valor, pela total incoerência de alguns (muitos)seres humanos!!
Um grande beijo!
Mariza

João Menéres ha detto...

Mas que casa imponente, MYRA !...
Comoa MARIZA escreveu aqui mesmo em cima "lamentável que tenham tido de a abandonar pela loucura de certas mentalidades ".

Mas, como o mundo entretanto já deu muitas voltas e a mente louca responsável pela brusca mudança da tua vida já não vive mais, não haverá a menor hipótese de a recuperares ?

Um beijo enorme e cheio de carinho.

EDER RIBEIRO ha detto...

A casa além de esplêndia é bela. A perda, não a material, devido a guerra deve deixar sequelas irreparáveis. É um cenário, para mim, impossível de imaginar. Bjos.

Li Ferreira Nhan ha detto...

Que bom você estar aqui para nos mostra-la!
um beijo

Luísa ha detto...

A segurança em primeiro lugar! A segurança da MYRA é, sem dúvida, o primeira medida a garantir!

A casa? A casa é fantástica, pena é ver pelos vidros a velocidade dos tiros perdidos e desonrientados que lhe tiram a beleza!

Beijinhos mil

expressodalinha ha detto...

Grande casa!!! E ainda lá está? O que é agora?

TORO SALVAJE ha detto...

Que casa tan bonita.
Lástima que tuvierais que abandonarla.

Saludos.

BRANCAMAR ha detto...

Muito linda a vossa casa Myra!
Tenho lido algumas coisas sobre a vossa biografia, sobretudo tua e de teu irmão e tenho percebido a vossa diáspora, inicialmente pelo Brasil e por outros países mais.
Chegaste aí Myra, para estar junto de teus netos, para não estar só nesta fase da tua vida. Eu sei que em ti não existe a noção de Pátria e eu percebo-te muito bem, a nossa pátria é o mundo, a humanidade, as fronteiras são limites criados pelo Homem e os nacionalismos trazem uma grande carga negativa, que fazem com que pessoas como vós tenham que abandonar tudo por causa de uma guerra atroz.
Admiro a tua capacidade de adaptação a todos os países por onde passaste, sei que gostavas do teu cantinho em Itália, mas aos poucos sinto que também aí te vais adaptando, ainda é pouco tempo, sei que é tudo muito diferente da Europa, mas tens tido grandes momentos de criação e a tua família já te faz falta por perto.

Imagino que eras já adolescente quando deixaste esta casa maravilhosa e deve ser muito gratificante recordar as tuas raízes, vê-la assim linda e bem conservada.

Um beijinho grande para ti, fica bem e é bom saber que existe ali uma história de uma família de artistas, capazes de sobreviver a todas as lutas e de continuar com a nobreza de espírito que a caracteriza.

Branca

lis ha detto...

Um casarão Myra
doces recordações , mas a vida é um ciclo e o daí se fechou ...
certamente pra dias melhores e mais seguros.
abraços

marina ha detto...

que casa tan hermosa...!
llevamos con nosotros las vivencias, recuerdos... pero aun así, algunos quedan allí, como sedimentos en una roca, y cada persona que vivirá allí, va formando otra capa... de esta bella piedra de la madre tierra

:-)))

besos dulces

Ilaine ha detto...

Myra! A maneira como escreves e dizes... é por si só emocionante. Imagino a sauddae, pois cada lugar por onde passamos fica um pouco de nós e dele levamos tantas coisas... A casa é linda! Beijo

tossan® ha detto...

Non ho abbandonato! Sto viaggiando e computer hotel è molto male! La prossima volta che il mio prendere. Che bella casa! bacio

Paula Barros ha detto...

Linda arquitetura, linda casa. Muitas lembranças.

abraço

MartinAngelair ha detto...

Es una casa muy, muy bonita,...


...una casa se lleva con nosotros, y 'conmigo mismo' desde siempre en nuestros pasos Myra.





Sé de ese dolor, y de esa 'gracia'.






Muchos besos corazón.
B.N.C.M.