giovedì 3 novembre 2011

solidao



13 commenti:

BRANCAMAR ha detto...

Fantástico! Olhei para este trabalho, que me dá a ideia de uma cadeira vazia e senti perfeitamente essa ideia de solidão, até pelos tons que usaste.

Um beijinho querida Myra de muito carinho.

EDER RIBEIRO ha detto...

Seria essa solidão um país, pois me parece um mapa; seria, então, solidão o que os próprios mandatários fazem deste suposto país? Tantas ideias me passam pela cabeça. Grato pelos comentários. Bjos.

✿ chica ha detto...

Solidão é triste, mas ficou linda assim expressa aqui!beijos,lindo dia,chica

Lucrecia Borgia ha detto...

O que é isso? o mapa de Espanha?

beijo

João Menéres ha detto...

Não é o mapa de Espanha !

É o mapa da Península Ibérica : A Espanha em cor mais clara e Portugal ( aquele pequeno rectângulo cinza escuro ).

Não somos só nós que estamos solitários, MYRA...


Um beijo.

Luísa ha detto...

Uma peninsula azul, cheia de mar!
Verde, cheia de pinheiros!
Pálida de esperança, num ambiente histérico de depressão financeira!
Colapsou...

Beijinho terno!

byTONHO ha detto...



É o mapa da Península Ibérica:
A Espanha em cor mais clara e Portugal (aquele pequeno rectângulo cinza escuro). (2)


Oh MUNDO!

Só lhe dão...

:o)

De cenizas ha detto...

Parece un recorte de España y Portugal... solas ante Europa. :)

besos

Maria Dias ha detto...

Interessante quando olhamos a arte e cada um tem uma impressão.
De longe vi uma abertura(uma fenda no pano negro)uma fenda para um lugar mais claro...talvez estejas buscando este lugar.

Beijinho

Maria

Mariza Delandrea ha detto...

Mas apontando para o fim dela MYRA querida!! É só seguir em frente!!

Um grande beijo

Mariza

Lígia Guedes, ha detto...

Myra querida,

"Clara manhã,
o essencial é viver"
(Carlos Drummond de Andrade)

Beijos saudosos.

Li Ferreira Nhan ha detto...

Como muitos também viram
é a península Ibérica que eu tanto amo
e que tem me deixado muito apreensiva.
Lindo Myra!
um beijo

Paula Barros ha detto...

E lá vou eu pensando ser um buraco na parede, e passando por ele feito uma menina curiosa.

Só depois leio o título, e já que é solidão, atravesso o buraco e lhe acho e lhe abraço.