sabato 14 gennaio 2012

1963 - antes de descobrir as linhas

oleo e areia sobre tela

11 commenti:

ma grande folle de soeur ha detto...

Fabulosa textura :) beijos

Luísa ha detto...

Textura rugosa, segura e amorosa!
Beijinhos

. intemporal . ha detto...

.

.

. myra .

.

. profético . amei.de.amar .

.

. mesmo . mesmo .

.

. um bom fim de semana .

.

. um beijo meu .

.

.

Lucrecia Borgia ha detto...

ma, che cosa è questo?
avere un buco nella coperta
del letto?...

baci

marina ha detto...

mmm! una textura profunda, inspiradora ...
ahí dentro ya se estaba gestando un cambio :-))))

Un gran gran abrazo,...!!

EDER RIBEIRO ha detto...

Myra, eu vi nesta tua obra, mãe e filha desesperada, como se buscasse salvação. Qdo eu olho as suas telas, às vezes, eu vislumbro muita imagens. Bjos.

✿ chica ha detto...

Lindo ,Myra!!um beijo daqui da praia, mas com chuva...beijos,chica

De cenizas ha detto...

Tejer con óleo y arena... recrear la tierra.

Bellísimo.


besos

expressodalinha ha detto...

Vejo um buraco até ao centro da Terra. Será?

TORO SALVAJE ha detto...

Casi 50 años!!!

Que gran artista eres Myra.

Me encanta.

Besos.

Paula Barros ha detto...

O ano que nasci. E nem sabia os traçados que a vida me reservava.

Nasci de parto normal. Imaginei que devo ter saído de um buraco assim. Sei lá. kkkk

beijo