giovedì 16 febbraio 2012

algo que nao sei mas gosto



9 commenti:

byTONHO ha detto...



Trama/espelho!
Um rio, sua orla e ilhas!

Não sei... mas gosto também!

:o)

João Menéres ha detto...

Ao comentário do Tonho, apenas acrescentaria que aquela "ilha" quadrada em preto me encantou.
Este trabalho fez-me lembrar o processo do "transporte" de troncos rio abaixo. Não me recordo se era no Mississipi ou no Amazonas...

SUGIRO QUE OS BLOGUES QUE TÊM AS LETRAS PARA SE COPIAR, ABANDONEM RAPIDAMENTE ESSE CONTROLE, POIS É MUITO DIFÍCIL RECONHECER ALGUMAS LETRAS E, ENTÃO, NÃO HÁ POSSIBILIDADES DE COMENTAR !!!



Um beijo transportado pelo éter, grande MYRA.

Luísa ha detto...

Palhinas alinhadas em continente, observam a ilha isolada! Olham-na calmamente como quem espera o seu regresso e conexão!
Apenas filamentos de ideias, num emaranhado delas que se atropelam ao olhar !algo que não sei, mas gosto!"

Beijinhos mil, adMYRAvel SENHORA!

EDER RIBEIRO ha detto...

Mas eu gostei, deste e do anterior. Tenho um conto a publicar e gostaria de usar as suas telas para ilustrá-lo. Gostaria de saber se posso? Bjos.

byTONHO ha detto...

Aquele quadradinho, a esquerda, não é ilha. É um lago ou piscina!
Ah! ah! ah!
Também me lembrou o "transporte e roubo" de madeira no Amazonas, João e Myra.

Quanto as "letrinhas" vamos ver o que da pra fazer.

:o)

Isabel ha detto...

Mar e terra.
Lindo.

Um beijinho

✿ chica ha detto...

Gosto também!!! beijos,chica e tudo de bom!

BRANCAMAR ha detto...

Eu também não sei e também gosto. É assim como que uma luz que se abre por tràs de um muro que se rasga.

E também gostei muito do artigo na revista "rebosteio", que já comentei no Varal de Ideias ontem.

Beijinho grande para ti, Myra.
Branca

Ana Martins ha detto...

Também não sei Myra mas gosto, faz-me lembrar um rio de água muito límpida.

Beijinho,
Ana Martins