mercoledì 15 agosto 2012

sombras 1


10 commenti:

Isabel ha detto...

Hoje sou a primeira a comentar!

Gosto desta mancha negra que se há-de desvanecer e deixar que fique apenas a beleza do azul que se adivinha.

Um beijinho e um dia feliz

✿ chica ha detto...

Sempre há manchas na tela da vida também... Linda!!beijos,chica

Dona Sra. Urtigão ha detto...

caminhos tristes...

ana ha detto...

Myra,
É lindo e triste. Desejo que passe depressa!
Beijinho. :)

myra ha detto...

D.Urtigao e Ana, nao é triste, è outra "onda"...nao das linhas de sempre:)))

EDER RIBEIRO ha detto...

É assustador. Bjos.

Eduardo P.L ha detto...

Myra,

nada de triste e muito menos assustador! É denso, complexo, profundo, sério, consistente! É uma síntese de sua obra. E como sabemos pode ter cor, ser clara, e alegre. Gosto muito dessa sua NOVA e promissora fase, que se destaca das fases anteriores pela liberdade, ousadia, e controle absoluto do metiê. Vá enfrente, apesar dos comentários estranhos!

João Menéres ha detto...

Obra muito contemporânea e que, depois de ampliar, ainda mais apreciei !

Um grande beijo, MYRA.

BRANCAMAR ha detto...

Bom dia Myra,

Tenho estado por aqui sempre e tenho olhado esta tua obra sem saber que dizer. Por vezes a arte tem momentos que só se entende e percebe em silêncio, é intraduzível por palavras.

Para ti um beijo com um ssssssssssssssssss enorme, :))

Branca

Anonimo ha detto...

Bom dia Myra,

Tenho estado por aqui sempre e tenho olhado esta tua obra sem saber que dizer. Por vezes a arte tem momentos que só se entende e percebe em silêncio, é intraduzível por palavras.

Para ti um beijo com um ssssssssssssssssss enorme, :))

Branca