lunedì 15 ottobre 2012

B

10 commenti:

João Menéres ha detto...

É o muro a fragmentar-se ?


Um beijoooooooo

✿ chica ha detto...

Instigante,Myra!Linda! beijos,ótima semana,chica

Fernando Santos (Chana) ha detto...

Belo trabalho...Espectacular....
A nossa indignação, porém, é bem menor que o medo. Sem darmos conta, fomos convertidos em soldados de um exército sem nome, e como militares sem farda deixamos de questionar. Deixamos de fazer perguntas e de discutir razões. As questões de ética são esquecidas porque está provada a barbaridade dos outros. E porque estamos em guerra, não temos que fazer prova de coerência nem de ética nem de legalidade.


Há muros que separam nações, há muros que dividem pobres e ricos. Mas não há hoje no mundo muro que separe os que têm medo dos que não têm medo. Sob as mesmas nuvens cinzentas vivemos todos nós, do sul e do norte, do ocidente e do oriente… Citarei Eduardo Galeano acerca disso que é o medo global: "Os que trabalham têm medo de perder o trabalho. Os que não trabalham têm medo de nunca encontrar trabalho. Quem não têm medo da fome, têm medo da comida. Os civis têm medo dos militares, os militares têm medo da falta de armas, as armas têm medo da falta de guerras." E, se calhar, acrescento agora eu, há quem tenha medo que o medo acabe.
(Mia Couto)
Cumprimentos

TORO SALVAJE ha detto...

Se ha roto la rodilla!!!

Besos.

ana ha detto...

Um muro que quer cair, maravilhoso. :))
Beijinho e para a a Myra.

Luísa ha detto...

Por momentos vi a bota do pai Natal!
Vi-o de botas sem cor, sem aquele vermelho vivo e sem animação!

Hoje estou turva...
Beijinhos

BRANCAMAR ha detto...

Sim, parece ser o muro a fragmentar-se conforme viu o João e adorei as citações do Fernando Chana que costuma falar tão pouco e hoje foi tão expansivo.

Hoje é um dia de revolta em Portugal, um orçamento de Estado que vai esmagar os mais desfavorecidos em 2013.

Também por estes dias citei a frase de Mia Couto: "Há quem tenha medo que o medo acabe..."

Esta tua obra é um exemplo de ruptura, um exemplo para todos nós.

Beijos

BRANCAMAR ha detto...

Adorei ler mais uma síntese da tua biografia Myra na "Zona de Ócio" e do trabalho tão carnal da capa.

Os Mexicanos te adoram, como todos nós, mas nota-se quer na introdução do teu livro, quer aqui como os marcaste profundamente.

Beijos de parabéns.

tossan® ha detto...

Il mio amico, anche se virtuale, ma caro. Credo che questo lavoro diverso e intelligente. bacio

Maria Manuela ha detto...

Que diferente e marcante esta PINTURA
trabalhada sobre as suas próprias quadrículas!

Se BRANCAMAR mo permite, subscrevo inteiramente as suas palavras.

Um beijo enorme, MYRA