sabato 22 dicembre 2012

Straniera per prima volta - ( espero que entendam! )

c'era una volta una pittrice... impulsiva compulsiva spontanea piena di ritmi - questi ritmi scoperti al ritmo del tropico - diventati una calligrafia personale - andando in paesi diversi qualche intralcio vinto - eppure mai perso il ritmo - anni sono passati il destino l'ha messa in un paese estraneo strano... ora fra ombre e squilibri senza sentire nessun ritmo né ritmi né armonia soltanto un miscuglio di ritmi del passato - e incubi dal presente - continua ostinata a lavorare per non lasciarsi rovinare da questo guazzabuglio di culti esagerati lingue varie leggi bizzarre - lei sempre contro tutte - per prima volta in vita sua si sente straniera fuori luogo andrà avanti? ce l'ha farà? ce l'ha farà!

13 commenti:

TORO SALVAJE ha detto...

Entiendo como te sientes.
Y me disgusta.

Un abrazo bien grande Myra.

Besos.

Luísa ha detto...

Será essa genica na dúvida, na incerteza que a empurra para a vida e lhe fomenta a criatividade.
Mil beijinhos

✿ chica ha detto...

É tão intenso esse sentir-se assim..Dá pra te entender!!! beijos,fica bem,!chica

Branca ha detto...

Acabei de comentar o texto no facebook e digo mais aqui. Tu és uma pedrada no charco em qualquer lugar onde chegues, tu és única e verdadeira e a tua arte e a tua luta sempre serão uma força positiva para o mundo que te rodeia, sempre fazes a diferença.

Acredito que muitas coisas não sejam agradáveis, mas este nosso mundo é cheio de contradições. Gostava tanto que estivesses onde te sentes melhor e penso que é isso que deves procurar.

Um beijo enorme de muito carinho.
Branca

expressodalinha ha detto...

Somos estrangeiros de nós próprios.

João Menéres ha detto...

Andei uns meses a aprender italiano. Interrompi, na altura, por causa de uma infecção provocada por uma injecção. Depois...não retomei. tinham passado dois meses !

Penso que uma pessoa que se sente totalmente equilibrada ( em qualquer aspecto que consideremos ), terá mais dificuldade em ter uma CRIATIVIDADE MARCANTE, Myra...

Vejo nos Poetas, nos Escritores Maiores, nos Artistas Plásticos e, imagina, até nos Políticos...
Sei que o ambiente te não é favorável, mas também conheço muito bem a FORÇA que possuis !

Um beijo sem fim.

João Menéres ha detto...

Eu hoje à noite vou assistir a outro Concerto de Natal, Myra...

byTONHO ha detto...



Força, lutar, lutar, lutar...!

:o)

bondearte ha detto...

Myra minha querida amiga!
Vendo e acompanhando teu trabalho em denunciar mostrar a triste realidade do ser humano em criar a guerra, em lutar contra sua propria especie , retardando seu proprio desenvolvimento me lembro de uma frase de picasso sobre o
seu trabalho bem como o de quem escolhe as artes plasticas como profissão!
"Minha maior esperança é a de que meu trabalho contribui para impedir novas guerras no futuro"
Pablo Picasso
Myra desejo a voce e toda a sua familia!
Feliz Natal,Feliz navidad, Merry Christmas,
Um grande e fraterno beijo!

lis ha detto...

Bonita declaração com alguma melancolia e saudade de outras terras,
Linda,terna e sobretudo uma Artista tem sempre sensibilidade a flor da pele,portanto descansa e seja Feliz ,
beijinhos Myra
* não sei o motivo de não conseguir chegar ao meu blog, tente outras vezes
ok? se nao der não ligue , eu voltarei sempre aqui.
Feliz Natal

Allan Robert P. J. ha detto...

Ce l'ha dobbiamo fare, cara mia. Ce l'ha farai.

Avanti!

:)

redonda ha detto...

Penso que entendi, mas precisei da ajuda do Tradutor do Google...
um beijinho e um Natal com paz
Gábi

ana ha detto...

Myra,
O meu italiano não é famoso mas o ritmo e a arte que flui de si é bela e todos os dias ganhamos em vê-la pintar as sombras com memórias de outros países e a sua memória que vem de dentro!
Beijinhos. :)