martedì 26 febbraio 2013

transformacao de um quadro

15 commenti:

TORO SALVAJE ha detto...

Me gustaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.

:)

Besos.

EDER RIBEIRO ha detto...

Myra, esses dois últimos posts são de provocar encantamento. Bjos.

Verso a beso ha detto...

Perfecta tensión de colores y líneas.
Muy bueno!!!


Bss

expressodalinha ha detto...

Lindíssimo.

Maria Manuela ha detto...

Adorei, Myra!
Belíssima transformação!...

Estas serpentes em pé, com o vigor desta cor, em campos diferentes e bem separados...
...Estarão a interrogar e definir um futuro?
Prenúncio de renovação, em ano de serpente?

Um grande beijo, querida MYRA!

ana ha detto...

Myra,
Tem graça, tem tons quentes e grafismos que me parecem arte africana.

Beijinho. :)

Luísa ha detto...

Fantasticoooooooooooooooo!

Mil beijinhos

Branca ha detto...

Que trabalho mais lindoooooooo, Myra!
Cheguei cheia de saudades e encontrei uma casa cheia de maravilhas. Espero que agora consiga voltar com regularidade. O meu computador tem-me pregado muitas partidas, desta última vez ficou mais lento que um caracol, mas parece estar tudo resolvido. Mal o liguei vim logo por aqui ver-te, a minha primeira visita desta noite e adorei tudo, muitooooooo!

Muitos beijos, sempre
Branca

Luísa ha detto...

Falta o comentário do João Menéres!
Cadê??????!!!!!!
Senhor, senhor, por onde andas?

Fernando Santos (Chana) ha detto...

Olá Myra; excelente trabalho....
Cumprimentos

João Menéres ha detto...

Atrasado, Luísa !

E com a cabeça feita num oito !...

MYRA

Desculpa !

Tive a mesma sensação da ANA : ARTE AFRICANA.

Um beijoooooooooooooooooooooooooooooooooo

Paula Barros ha detto...

Linda transformação, energizante.
beijo

myra ha detto...

obrigada a voces todos, me doi mto as costas por isto nao vejo todos vces, nos seus blogs..me desculpam...e a idade...

Isabel ha detto...

Gostei muito do resultado dessa transformação. Muito bonito!
Um beijinho e desejo-lhe boas melhoras, Myra.

bondearte ha detto...

Lembrando Picasso:
O que mais me incomoda na pintura é que começo pintando uma coisa, um tema e quando termino ele se transformou em algo absolutamente fora do meu controle, é como se ele adquirisse vontade própria!
Pablo Picasso
Percebo que para Myra , para Picaso e para mim e para tantos outros pintores o fenomeno é o mesmo,somos apenas o coopiloto um instrumento a serviço do inconciente ,com o pincel ou a espatula ou seja lá qual for o instrumento para desenhar ou colocar as cores sobre a tela , o quadro vai se transformando e adquirindo sua forma sem o controle conciente do pintor!
Grande obra Myra, maravilhoso!!!