domenica 28 luglio 2013

0000000000000000000000000

a vida
gelou
 uma lagrima
se derreteu
docemente
e em silencio
escorregou
se escondeu
no coraçao

8 commenti:

De barro y luz ha detto...

Bellísimo poema en letras y en pintura.


Bsss

✿ chica ha detto...

Poesia e tela lindas!!beijos,chica

Isabel ha detto...

Bom domingo!

João Menéres ha detto...

Tristemente muito bonita essa lágrima que escorreu pela parede do teu prédio...

Um beijooooooooooooooooooooooooo

lis ha detto...

... e voce continua cada dia mais inspirada ...

eder ribeiro ha detto...

belo poema. Bela imagem. Os dois compõem uma bela obra. Bjos.

Luísa ha detto...

Se uma lágrima brotou e congelou o croação, então essa lágrima expeliu amor...e desamor!
Precisa de um aquecedor!

Paula Barros ha detto...

O coração mesmo sofrido
Doído, saudoso
Aqueceu a lágrima que escorreu
beijo