sabato 13 luglio 2013

muitas vezes a vida e atroz...


pourquoi la vie est-elle souvent 
si atroce? 
 
 
parce que c,est comme cela, voila tout.

11 commenti:

Branca ha detto...

A vida tem de tudo Myra, coisas boas e más, vais ver que um dia destes voltarão os dias bons.

Beijinho grande para ti.

Maria Manuela ha detto...

Sim, querida MYRA, a vida é atroz... o que não quer dizer que... grande parte dela... não tenha sido vivida "en rose"...

Adorei esta pintura, uma espécie de "os dois lados da vida..." e há algo nela de oriental...
E gostei muitíssimo das palavras cheias de sentido e de VERDADE, como sempre...
Um beijo grande com muita amizade!

TORO SALVAJE ha detto...

Así es Myra.
Cada vez más atroz.
Que pena...

Besos.

De barro y luz ha detto...

Quizás eso es sólo el relieve... debajo está la belleza.

Bss

ana ha detto...

Myra,
Fez a comunhão perfeita entre a escrita e a imagem.
Dois lados da vida... mas eles acabam sempre por se interpenetrar por causa das memórias.
A sua arte é a vida e fez-me lembrar Piaf La Vie en Rose.
Beijinho. :))

João Menéres ha detto...

MYRA

Só mais tarde poderei vir aqui.

Deixo-te, para já, um beijooo

João Menéres ha detto...

O mundo, a cada dia que passa, está a tornar-se num CAOS mais acentuado.
Até na Grã-Bretanha, imagina, começam as manifestações contra a própria Raínha !

Haverá algum sítio onde possamos partir para a última viagem em sossego ?

Obrigado, MYRA, por este díptico cromático !
( E não falaste que era sábado ! Obrigado, por isso, também !!! ).

Um beijoooooooooooooooooooooooooooooooooo

Isabel ha detto...

Mas tudo passa!
Os bons e os maus momentos.
Por isso vamos vivendo sempre com a esperança.

É lindo o seu trabalho, com o negro e o rosa, a tristeza e a alegria. Vou levá-lo. Mais um!
Um beijinho

Lucrecia Borgia ha detto...

La vita non è colpevole.
La colpa è l'inventore del almanacco...

baci

João Menéres ha detto...

És mesmo um ordinário da pior espécie !
Já te topei !
Na verdade, só mereces o desprezo de todos aqueles que eram teus amigos e que se foram afastando à medida que te foram conhecendo.
A tua cara de sacristão diz tudo !

Luísa ha detto...

Beijooooooooooosssssss