giovedì 3 ottobre 2013

para meu irmao...


quero teus versos desde as ondas do mar...
sim eu sei
voce esta aqui
comigo
mas...
desde que foi na(n)dar
nas aguas do mar
por ai afora
fora me deixou
ainda mais so
escreve umas palavras
usando as ondas
destes mares
e por meio
das correntes
dos oceanos
por onde navegas
me manda
uns lindos versos
nas asas dos ventos
os ventos que aqui
me seguem sempre

6 commenti:

João Menéres ha detto...

Os versos chegarão, Myra !
Mas o mar, por certo,apagará as letras.
Mesmo assim, tu os escutarás, pois a Poesia não se afoga nunca.

Gostei muito do teu trabalho e o teu apelo feito poema é uma maravilha.

Um beijoooooooooooooooooooo

Li Ferreira Nhan ha detto...

Myra conviver com a ausência e a saudade é um exercício diário de quem viveu com amor. Só sentimos saudades de quem amamos. Ainda bem que amamos.
Linda tua escrita! Beijos querida !

Existe Sempre Um Lugar ha detto...

Olá,
Poesia escrita com o seu bom sentimento, o passado mora dentro de nós, sempre nos faz recordar.
Por coincidência hoje postei uma foto sobre o passado.
Myra! receba um beijo enorme que vai chegar na crista da onda.

ag

Luísa ha detto...

Vamos nadar nas ondas do mar?
Nas marés das letras escritas no amor que embebeda a memória?
Saudade......

Mil beijinhos

Vieira Calado ha detto...

O mar, o vento e as onde também me acompanham sempre!
Saudações poéticas!

eder ribeiro ha detto...

Querida amiga, o seu irmão sempre estará contigo, pois a união não foi desfeita, é o amor que os ligam. Bjos.