venerdì 18 luglio 2014

era ( o segundo ) agora outra vez e assim, ninguem quer saber de paz....



4 commenti:

João Menéres ha detto...

E o mistério dos aviões da MALASYA ?


Um beijOOOOOOOOOOOOOOOOOO

Luísa ha detto...

Tempo pesado se vive por aí!
Beijinhos retemperadores de energia!

Li Ferreira Nhan ha detto...

Querida, ninguém quer saber da paz. Estão todos destilando ódio.

Teus dois trabalhos estão incríveis!
Muitos beijos!!!

MJ FALCÃO ha detto...

Sim, são duros os tempos que vivemos. E tristes. Tanta ilusão ao pensar que a guerra não voltaria mais, que não haveria violências...
Mas quero guardar a esperança: a paz e a tolerância voltarão quando as crianças de um país não odiarem as crianças do outro ao lado... Coragem! Um dia a paz virá, Myra!
Bacione grande e un saluto alla tua città...