venerdì 24 febbraio 2017

viajar e como escrever descrever vidas de tantas cidades grandes e pequenas, as pequenas sao as que mais gosto...vou andando e sonhando o passado que elas me mostram.Ando como em sonhos...e eu gosto tanto de sonhar...nao fiz outra coisa na minha vida...e agora...so tenho o pesadelo pesado dos meus anos...
Nao viajo mais...tenho muitos vazios....dentro e fora de mim...

3 commenti:

João Menéres ha detto...

Nunca deves pensar que os anos são pesados, Myra !
Agora até temos tempo para nos queixarmos da intensa vida vivida.

Um beijo amigo.

✿ chica ha detto...

Tristes palavras...Podes voar, sonhar sempre,mesmo em imaginação! bjs, lindo fim de semana! chica

myra ha detto...

amigos queridos obrigada