martedì 6 aprile 2010

"!"!"!"!"!"!"!"!"!"!"!"!"!"!"!"!"!"!"!"!"!"!"!"


de noite
todos os ruidos
parecem
olhos enormes
e ouvidos
exquisitos

gosto

de dia
o silencio
é ensurdecedor
uma dor

detesto

14 commenti:

TORO SALVAJE ha detto...

Que ensordecedor que es el silencio a veces.

Besos.

De cenizas ha detto...

¡Qué bella imagen la de los ruidos como ojos de la noche!
¡Y qué puñaladas da el silencio!
Una preciosidad, querida Myra.


besos

Memória de Elefante ha detto...

myra!
Na calada da noite o silêncio tem muitas vozes.
Eu gosto de ouvir...é fundamental para mim!

Fantástica tua imagem, adorei!
Um beijo

João Menéres ha detto...

MYRA

Esse rosto e tudo o que o rodeia é feito de ruídos e de silêncios.Para haver uma dor, sempre houve antes o PRAZER.
Saibamos equilibrar um com o outro.

O tempo aqui está outra vez cinzento.
Tudo muito esquisito!

Um beijo grande.

Vivian ha detto...

...que definição gostosa
entre noite e dia.

beijos de uma coruja!

Mauro ha detto...

que buen ritmo este poema
me gusto mucho!!!

Luísa ha detto...

Gosto do inicio do dia com a visita encantadora ao "PAROLE"! Gosto deste buliço virtual, desta compromisso sem promessa de uma visita simpática ao teu cantinho de arte!
Rompi esse silêncio? Então
optimo!Missão cumprida!
Beijinho terno!

expressodalinha ha detto...

As noites podem ser eternas e o som ser grave. O dia pode acabar, mas o som nunca. O som é vida, não há que ter medo.

Ana Martins ha detto...

Sublinho por baixo amiga Myra!

Beijinhos,
Ana Martins

bondearte ha detto...

Ciao cara amica Myra:
Mas que imagem linda, talentosa e sencivel!!!
bravissimoooo!!!
O silêncio ................................................ .......
"Myra,
"Se podes olhar, vê. Se você pode ver, repara."
José Saramago
Un baciote

marina ha detto...

tus versos se entrelazan a la perfección con los ojos nocturnos de la imagen, con el ritmo de una y otra.. día y noche, blanco y negro...
tum-tum... dice el corazón siempre, que ama los días y noches :-)

Un abrazo enorme..!

Fred Matos ha detto...

Também prefiro os ruídos (silenciosos) da noite, ao silêncio (ruidoso) do dia.
Belo poema e bela ilustração, Myra.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Carmem Salazar ha detto...

Myra, gostei da "percussão" das tuas palavras e refiz, aqui, pra mim:

noite
ruídos
olhos
enormes
ouvidos.

gosto.

dia
silêncio
ensurdece
a dor.

detesto.

myra ha detto...

para Carmen:
"voce é linda!! achei otimo, obrigadissssima, bjs"???????

e para vcs todos, obrigada!!