martedì 29 marzo 2011

sem titulo

9 commenti:

João Menéres ha detto...

Sempre a delicadeza do traço, a beleza da composição !
Sinais permanentes que a MYRA nos garante em qualquer trabalho.Uma enorme sensibilidade que dispensa títulos.


Um beijoooooo.

Wania ha detto...

Myra


Estes teus trabalhos desta nova fase estão tão liiiindos, ora me remetem as névoas e brumas, ora me transpostam para paisagens mais poeirentas e secas... e o vermelho sempre surgindo como um rio, uma poça, uma brecha da dor vivenciada...


Parabéns, minha querida amiga!

bj imeeenso caregadinho de carinho
PS: dizem que obra de artista não se interpreta, então, de antemão, já te peço desculpas, mas eu só sei ver arte assim: sentindo o que ela tem pra me dizer!
E a tua arte fala bonito...

chica ha detto...

Lindo e enigmático...beijos,ótimo dia!chica

Luísa ha detto...

Que lhe hei-de dizer, adMYRAvel Senhora?
-Um dia te vi ser vulto, sombra!
Outro dia vi apenas nuances de ser!
E hoje, quando te olho, vejo traços de certezas do ser que em ti me vi crescer!

Beijinho terno, en rouge!

BRANCAMAR ha detto...

Mais um belíssimo trabalho! Sinto que este é um momento muito criativo para ti Myra e fico feliz com isso, pois por vezes é dos dias difíceis que nasce a luz e tudo se renova como na Primavera.
A arte é a melhor forma de fazer a catarse do que nos aflige.

Beijinho imenso
Branca

Vivian ha detto...

...quanta delicadeza,
minha querida!

bj

De cenizas ha detto...

Cuando una tela está viva... puede sangrar.

bellísimo.


besos

Paula Barros ha detto...

O detalhe vermelho, chama a atenção, faz a diferença.

beijo

Anonimo ha detto...

Lindo querida..:))))
Assim eu gosto de te ver.:)))))))))))
Minha minha mae!!!!!
:D