mercoledì 29 febbraio 2012

arquivio - 1970 - desenho sobre papel Kraft



14 commenti:

Luísa ha detto...

São linhas de encanto!
Vagueiam pelo craft em desencontro triangular!
Gosto muito!
Bjnhs

De cenizas ha detto...

Más que pintado, parece tejido. Bellísimo.



besos

Lucrecia Borgia ha detto...

La carta Kraft è di non fare disegni!!...
È un documento di incollaggio con resina e viene utilizzato per la costruzione!...

baci

João Menéres ha detto...

Parecem aqueles papagaios com que as crianças brincam na praia, correndo e puxando para baixo ou dando guita para subirem !

Uma beleza, MYRA !
Sempre magníficos e excitantes as tuas obras.

Um beijoooooooooooo.

EDER RIBEIRO ha detto...

Tua imagem me fez lembrar do livro e do filme O caçador de pipa. Bjos.

bondearte ha detto...

Linhas,
como as do destino,
Como as do Amor,
Como as da vida, costurando
e marcando sua passagem por dentro das almas, por dentro dos corações!!!
Bacio, por esta tua significativa obra!
TVB:)
Paulo

byTONHO ha detto...
Questo commento è stato eliminato dall'autore.
byTONHO ha detto...



Linhas,
sulcos traçados por arados na terra,
nas "entrelinhas", um pequeno povoado,
fora não há limites.

:o)

Lucrecia Borgia ha detto...

Myra:
non mangiare più modo di notte, poi l'altro giorno fare disegni pazzi!!...

Tutti gli artisti sono pazzi!...

baci

BRANCAMAR ha detto...

Olá minha querida amiga.
Tem sido difícil vir cá estes dois últimos dias, mas aqui estou de novo na tua companhia, vendo os teus arquivos e tudo o que tens para partilhar connosco que é muito.
Obrigada
Beijos muitos
Branca

Isabel ha detto...

Muito lindo.
Também me vieram logo à ideia os papagaios de papel.

Num fundo azul, esvoaçariam no céu.
Um beijinho

Maria Dias ha detto...

Parecem pipas(papagaios) voando no céu...Gosto de papel kraft, tanto que inventei embalagens para as flores com este papel.Acho moderno.

Beijinho

Maria

Allan Robert P. J. ha detto...

Myra,
És uma artista muito eclética.
:)

ana ha detto...

Corro o risco de repetir ideias mas o que me lembraram foram papagaios de papel. saliento no entanto que a cor sépia me agrada muitíssimo. Belo!
Bj.