domenica 1 aprile 2012

haiku

'sto vento che grida piange urla
non mi lascia pensare

8 commenti:

Luísa ha detto...

Está na hora de gritar ao vento que pode parar!
Que pode virar a esquina e para outros nortes ir soprar!
"-Vento, isto é uma ordem, pode parar!"

Beijinhos mil, estimadíssima MYRA, com vontade de eu própria ser corta-vento para os seus dias alegrar!

Li Ferreira Nhan ha detto...

Myra grite Vade Retro pra esse vento!
Um beijo com um sopro bem suave.

✿ chica ha detto...

Lindo e reflexivo,Myra!!!beijos,ótima semana,chica

João Menéres ha detto...

Oh, vento, porque teimas em em desassoegar a
MYRA LANDAU ?

Ela é uma óptima pessoa e já não é tão nova quanto te parece !

Vira as tuas iras para nascente, OUVISTE, VENTO MAU ?

Magnífico o trabalho que hoje nos trazes, embora um tanto triste a mensgem transmitida.

Um beijo delicado, MYRA.

João Menéres ha detto...

Desculpa oerro no DESASSOSSEGAR !

Foi o maldito desse vento !

Um beijo.

ana ha detto...

Non piangere, Liù
se in un lontano giorno
io t'ho sorriso
per quel sorriso,
dolce mia fanciulla
m'ascolta
il tuo signore
sarà, domani,
forse, solo al mondo
Non lo lasciare...
portalo via con te
Dell'esilio,
addolcisci a lui le strade
Questo...questo,
o mia povera Liù,
al tuo piccolo cuore
che non cade
chiede colui
che non sorride più.

Turandot, Puccini.

Gostei da pintura, apesar da escuridão, vêem-se raios do sol.
Beijinho.

ana ha detto...

Myra,
Queria confortá-la mas não tenho jeito.
Beijinho.

EDER RIBEIRO ha detto...

Apesar da cor preta tomar toda a imagem, vc sempre traça um pouco de esperança, está no detalhe em branco. Bjos.