venerdì 13 luglio 2012

arquivio - livrinho -1994 - ( 1 )





obvio vai seguir!

10 commenti:

Luísa ha detto...

Efectivamente, sempre surpreendente!
O que de melhor leio em si é o SER fantástico que é e corroboro a idéia "toda a inércia é aprente".
beijinhos mil

BRANCAMAR ha detto...

Bom dia Myra,

Surpreendente este teu livrinho.
Belas recordações tiras do teu baú.
Parabéns por toda a tua vida tão linda!

Beijos, muitos.
Branca

De cenizas ha detto...

La letra, en sí, ya es una obra de arte, ritmo y equilibrio. ¡Fantástico!


besos

João Menéres ha detto...

Pressinto muita nostalgia nesta tua postagem, MYRA.
Bela a introdução de JOSUÉ MORALES CABALLERO.
Além de analisar a tua obra, ele leu oteu interior.

Um enorme beijo, querida Amiga.

Anonimo ha detto...

om dia Myra,

Surpreendente este teu livrinho.
Belas recordações tiras do teu baú.
Parabéns por toda a tua vida tão linda!

Beijos, muitos.
Branca

myra ha detto...

este Anonimo é um idiota copiando palavras das outras pessoas!

expressodalinha ha detto...

"Toda a inércia é aparente"... ficamos a aguardar as ilegibilidades legíveis.

ana ha detto...

Myra,
Gostei desta carta. Adoro Dante. Depois de ler estas palavras nada mais há a dizer a não ser que Viva a sua estética!

Beijinho especial.

byTONHO ha detto...



______________☼_______________
_______________________________
_______________________________
_______________________________
______________:o)_______________

Li Ferreira Nhan ha detto...

O argumento da linha; "cada quien su infierno"!
Sem dúvida "toda a inércia é aprente".
Um beijo querida Myra.