lunedì 10 settembre 2012

sombras 25


8 commenti:

Luísa ha detto...

Sinto sombra em glória, dos dias de vento no mar quando os veleiros avançam e traçam no ar o trajeto percorrido!
Sinto passagem!
Beijinhos mil

João Menéres ha detto...

Vejo um grande rochedo com riscos feitos na pré-história.

Muito interessante a leitura da nossa muito querida Luísa, com as naus lusas a abrirem novos caminhos ao mundo !...
Mas, tal, foi há séculos atrás...
Hoje, estamos de mão estendida aguardando que nações mais ricas economicamente nos ajudem, antes que a bancarrota seja mesmo um facto irreversível.

Gostei desta VINTE E CINCO !

Um beijo, Myra.

Maria Dias ha detto...

Quando vejo suas pinturas penso que poderia fazer uma exposição com o nome de "Sombras".Sombras sombrias...ilumninadas...sem cores...transbordando cores...Sombras me remetem aos tempos de criança quando faltava luz em casa e as velas duplicavam as sombras das pessoas e isso me assustava(seriamos nós muito maiores do que imaginamos sr na verdade?)mistérios...rs...

Bom dia Myra!

Beijo estalado!

ana ha detto...

Gosto desta visão prismática.
Há profundidade, há luz em tons de azul e rosa pálido ou lilás.
Gosto mais desta sombra do que a anterior, parece mais serena, mais límpida. Adorei.
Beijinho. :)

Paula Barros ha detto...

Na sombra deste teu trabalho também vemos a luz.
beijo

De cenizas ha detto...

No podrán con el cielo las sombras. De tus manos sale la belleza y la luz que las disipa.


besos

Isabel ha detto...

Muito bonito.
Uma boa semana Myra

EDER RIBEIRO ha detto...

Me veio um gde abismo, no seu fim, um jardim querendo surgir. Bjos.