sabato 30 novembre 2013

capolinea

...................
varcato
la soglia
del tempo
sfilacciati
gli anni
oramai
che faccio qui
piano piano piano
trapiantarmi
al nulla
capolinea

------------------
varcato
la soglia
del tempo
sfilacciati
gli anni
dal vento
(e)vento(i)
cammino
dritto a
capolinea

12 commenti:

✿ chica ha detto...

Triste tela, tristes palavras. É sábado!!! beijos,chica e fica bem!

TORO SALVAJE ha detto...

Si pudiera estrangular a tu sábado lo haría ahora mismo.

Besos linda Myra.

Lucrecia Borgia ha detto...

Chi beve vino prima della minestra, saluta il medico dalla finestra...

baci

Isabel ha detto...

Acho a pintura muito bonita.
O que quer dizer o título?
Um bom sábado, apesar de tudo e que passe depressa!
Um beijinho

De barro y luz ha detto...

Pero el arte y la belleza de tu obra trasciende el tiempo y te hace eterna.

Hoy estáis de fiesta, ¿no?
¡Janucá saméaj!


Bss

Existe Sempre Um Lugar ha detto...

Olá,
Considero q postagem triste, gosto mais da sua alegria.

Beijo alegre
ag

João Menéres ha detto...

E eu que andei a aprender italiano e nãosei o significado deCAPOLINEA !
Não tenho que interpretar a obra, eu sei, Myra...
...mas se estivesse de pernas para o ar podia ser uma queda de água, digo eu...


Um beijooooooooooooooooooooooooooooooooooo

Lucrecia Borgia ha detto...

capolinea é final.

João Menéres ha detto...

LUCRECIA

Muito obrigado !

Um beijo.

eder ribeiro ha detto...

Vejo um anjo no topo da imagem. Bjos.

Luísa ha detto...

Não há fim para tanta criatividade...
Bjngs

Li Ferreira Nhan ha detto...

Hay días en que pienso que no es justo hacer y hacer y hacer cómo una máquina. Pero eso es lo que pasa.
A menudo rodeada de gente estoy sola. Pero no dejo que la soledad invade mi alma.
No siempre, casi siempre no es como nosotros queríamos. Sé exactamente cómo es.
Tenemos que seguir Myra, todos los días, algunos mejores algunos no tan malos.
Lo importante es seguir de la mejor manera. Y siempre seguir adelante.
Eu por aqui vou indo, as vezes desastrosamente.
É desanimador. Mas fazer o que?
Mar de rosas só em livros! Mas não desisto de estar aqui neste mundo. Ele me pertence. Mesmo quando esta uma bosta viver nele ele me pertence.
Querida amiga dias melhores sempre virão. Assim como os não tão bons. Vamos vivendo e sempre que puder; beber um vinho e mandar alguém a merda!
Te adoro Myra!
Beijos!