sabato 27 giugno 2015

detesto

de noite
todos os ruídos
parecem
olhos enormes
e ouvidos
esquisitos
gosto
do dia
o silêncio
é ensurdecedor
uma dor
detesto

2 commenti:

João Menéres ha detto...

Pois esta TUA NOITE é fabulosa, Myra !

Os ruídos, por vezes, são companhia...


Um beijOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

ana ha detto...

Sublinho o que diz o João.
Beijinho. :))